Japão lamenta saída dos EUA do Acordo de Paris

  • 05/11/2019
  • 0 Comentário(s)

Japão lamenta saída dos EUA do Acordo de Paris

O secretário-chefe do gabinete japonês, Yoshihide Suga, afirmou ser lamentável que os Estados Unidos tenham comunicado as Nações Unidas quanto à sua saída do Acordo de Paris sobre mudanças climáticas.

Durante coletiva de imprensa, na terça-feira, ele lembrou que os Estados Unidos são o segundo maior emissor mundial de gases do efeito estufa, mas que também são pioneiros em introduzir tecnologias inovadoras, avançadas e ecológicas.

Suga declarou que o Japão vai buscar a cooperação com os Estados Unidos para lidar com as mudanças climáticas.

O secretário-chefe disse ainda que as mudanças climáticas são uma questão global que a comunidade internacional deveria combater como um todo, e que o Japão acredita ser importante implementar o acordo firmemente. Ele acrescentou que seu país continuará ativamente envolvido nos esforços para lidar com a questão.

Já o ministro do Meio Ambiente, Shinjiro Koizumi, também lamentou o comunicado dos Estados Unidos.

Contudo, ele lembrou que o lado americano deve participar da COP25, a conferência da ONU sobre mudanças climáticas prevista para ocorrer no próximo mês na Espanha.

Koizumi afirmou que o Japão planeja estar totalmente preparado para a conferência, estudando o que pode fazer para manter a eficácia do Acordo de Paris.

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

Paulo

NIKKEY

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Anunciantes